top of page

Atraído pela alta taxa de juros, investimento estrangeiro acumulado na B3 chega a R$ 66,5 bilhões

A alta dos juros tem como objetivo fazer com que o mercado interno controle a inflação, restringindo o acesso ao crédito, reduzindo o consumo e diminuindo a demanda.

Entretanto, provoca também o aumento nas taxas de financiamento, inibe a capacidade de investimento das empresas e o crescimento da economia.


Para o investidor estrangeiro em ações o cenário se torna atrativo. Analisando o mercado em março, foi investido no país R$ 21 bilhões em ações já listadas na B3, com fluxo de capital externo no acumulado do ano para essa classe de investidores em R$ 66,5 bilhões.


O investimento estrangeiro pode ser um meio de estimular o crescimento econômico quando o nível de poupança interna é insuficiente para atender às necessidades de investimento, porém acaba por acentuar o grau de dependência econômica.


Em cenários de inflação, com o Índice Geral de Preços (IGP-DI) registrando taxas de 2,37% em março e acumulando alta de 15,57% em 12 meses, é de suma importância uma análise atenciosa na tomada de decisões.


Para obter as melhores soluções, conte sempre com uma consultoria financeira experiente e com profissionais qualificados!!!


MLuz Consultoria

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page