top of page

Com a alta na taxa de juros, empresas têm buscado nas debêntures o capital para financiar projetos

Em cenários econômicos adversos, com o custo do crédito elevado pela escassez de mercados, as emissões de dívida privada se mostram uma boa opção de financiamento e captação de recursos para o investidor.

Nesse tipo de cenário, bancos naturalmente reduzem suas ofertas de linhas de crédito e os mercados de capitais se fecham, deixando poucas alternativas de linhas de financiamento para as empresas.


Em 2022, o volume de ofertas já soma R$ 18 bilhões, acima dos R$ 8 bilhões de 2021.


Uma das grandes vantagens do crédito privado para as empresas é a capacidade de customização, uma vez que comumente o mercado bancário e o mercado de capitais oferecem “produtos de prateleira”. No crédito privado, as condições podem ser adaptadas mais facilmente conforme as necessidades da organização.


No entanto, o investidor deve entender que quem investe neste tipo de crédito está emprestando dinheiro para uma empresa ou instituição financeira. E só faz sentido correr o risco se a taxa de retorno prometida for superior àquela paga por títulos públicos emitidos pelo Tesouro Nacional com as mesmas características.


Para identificar exatamente o que cada fundo busca, encontrar uma companhia com necessidades correspondentes e montar uma operação customizada, conte sempre com uma consultoria financeira experiente e com profissionais qualificados!!!


MLuz Consultoria

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page