top of page

O número de empresas de capital aberto não capazes de cobrir despesas financeiras tem crescido

O número de empresas de capital aberto que não são capazes de cobrir despesas financeiras com a geração de caixa tem crescido.

Em 2019, 11,6% das companhias não conseguiam cobrir as despesas financeiras como o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda).


Nos 12 meses encerrados em setembro de 2022, a parcela atingiu o valor de 15,1%. Atualmente, cerca de 14% das empresas de capital aberto têm índice de endividamento acima de 5.


Em 2022 a economia encerrou desacelerando, após três trimestres consecutivos de crescimento.


Segundo panorama de 79 instituições financeiras e consultorias a estimativa para 2023 é de estagnação a um crescimento de 1,6%.


Para obter as melhores soluções, conte sempre com uma consultoria financeira qualificada e com profissionais experientes.


MLuz Consultoria

2 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page