top of page

Perspectivas de queda da inflação e da taxa básica influenciam no custo da dívida de empresas

As taxas de financiamento das empresas brasileiras devem cair de forma mais expressiva em 2023 do que os juros básicos, influenciando no custo da dívida de empresas e nos desembolsos para o crédito rural.

Entre os fatores que devem influenciar no recuo no custo da dívida de empresas estão a queda nos preços das commodities, no índice da inflação, o aumento nos juros dos EUA e a redução da taxa básica no Brasil.


A perspectiva de melhora nestes indicadores está afetando positivamente os desembolsos para o crédito rural, que aumentaram 19%.


As instituições financeiras desembolsaram R$ 173,5 bilhões em crédito rural entre julho e novembro de 2022, alta de 19% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados do Banco Central.


Os financiamentos para industrialização também tiveram um crescimento, chegando a R$ 8,8 bilhões, acima do resultado de 2021 (R$ 8,3 bilhões).


A possibilidade de captar recursos a um custo menor é um alívio, sobretudo para as companhias que nos últimos meses tiveram os resultados impactados pelo aumento substancial das taxas de juros do país.


Conte sempre com uma consultoria financeira qualificada e com profissionais experientes para obter as melhores soluções!!!


MLuz Consultoria

5 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page