top of page

Análise do mês: Fusões e Aquisições - Outubro 21

Essa análise tem o propósito de mostrar o cenário do mercado de Fusões e Aquisições bem como sinalizar suas principais tendências, visando tornar mais acessíveis e conhecidos os negócios de fusão, aquisição e vendas realizados entre empresas com atuação no Brasil.


O mercado brasileiro de fusões & aquisições nos últimos 4 meses mantém média acima de 180 operações mensais. Os setores de Tecnologia da Informação, Telecomunicações e Mídia, Companhias Energéticas, Hospitais e Laboratórios de Análises Clínicas Saúde e outros foram os mais ativos.


No mês de outubro foram realizadas 172 transações, aumento de 37,6% em relação ao mesmo mês do ano anterior e investimento de R$ 54,7 bilhões, com um aumento de 39,8%.


Os investimentos realizados nas operações de porte superior a R$ 1,0 bilhão foram os que apresentaram o maior crescimento, 133,0%, seguido pelos investimentos nos negócios de porte entre R$ 50 MM e R$ 500 MM, que cresceram, 87,3%.


Foram mapeados 30 negócios realizados por investidores de 12 países. Os EUA, com 9 operações e investimento da ordem de R$ 2,9 bilhões foi o de maior apetite.


Maior transação do mês

A maior transação do mês de outubro/2021 foi a compra da Echoenergia pela Equatorial Energia, numa transação que beira os R$ 10 bilhões de enterprise value e marca a entrada da companhia na geração renovável.


Grau de concentração setorial

Os 5 setores mais ativos responderam por 71,5% do total das operações, contra 69,6% no mesmo mês do ano passado, representando um ligeiro aumento da concentração dos 5 mais expressivos setores no processo de M&A.

Evolução nos últimos 5 anos

No acumulado dos primeiros dez meses do ano de 2021, apuradas 1.534 operações, registrou-se um crescimento de 74,5% se confrontado com igual período de 2020, quando foram realizadas 879 operações.

Setores mais representativos

Setores mais representativos nos primeiros dez meses do ano, além de TI, destacam-se Instituições Financeiras e Hospitais e Laboratórios de Análises Clínicas.

No acumulado do ano o segmento com maior crescimento no número de transações em relação o mesmo período do ano passado foi o de TI, com um aumento de 311 operações, seguido por Telecomunicações e Mídia e Hospitais e Laboratórios de Análises Clínicas.


Os setores que apresentaram maiores quedas no numero de transações no acumulado do ano, em relação ao mesmo período do ano passado, foram Imobiliário, Serviços Públicos, Shopping Centers e com redução de 18, 4 e 3 respectivamente.


Crescimento do acumulado do volume de transações dos últimos doze meses

Outubro registra crescimento de 2,7% do número de transações de M&A acumuladas nos últimos doze meses, com 1.806 operações, comparativamente com o mesmo período do mês anterior. Já em relação ao mesmo período acumulado do ano anterior – out/20, o aumento é de 66,0%.


Porte das transações

Das 172 transações apuradas no mês, 96 são de porte até R$ 49,9 milhões, 55,8 % do total e responderam por 2,5 % do seu valor. No acumulado do ano, para este mesmo porte de operações, registraram-se 895 transações representando 58,3% do total e 2,1% do valor, impactando um crescimento de 63,0% em relação ao mesmo período do ano anterior.


O volume de transações no ano alcançou 1.534 operações com crescimento de 74,5%. As transações de porte acima de R$ 1,0 bilhão totalizaram 148 negócios e apresentaram crescimento de 134,9%.

Valor médio das transações

Valor médio das transações no acumulado do ano registra crescimento de 25,4% em relação ao mesmo período do ano passado.


O valor médio das transações realizadas no acumulado do ano alcançou R$ 379,0 MM, contra R$ 302,1 milhões no mesmo período de 2020, representando um crescimento de 25,4%. Por sua vez, o valor médio dos negócios de porte cima R$ 500 MM apresentaram queda no acumulado do ano.

Predomínio dos Investidores Estratégicos

A maior parte dos investimentos ficaram por conta dos investidores Estratégicos com 124 operações equivalente a 72,1%, e responderam por 86,9 % dos montantes investidos.


No acumulado do ano, os Estratégicos, com 988 operações tiveram crescimento de 76,4% em relação ao ano passado, e responderam por 64,4% dos negócios e 63,4% dos investimentos, no montante de R$ 368,6 bilhões, o que significa um crescimento de 212,6% em relação ao mesmo período do ano de 2020.

Investidores Financeiros

Os investidores Financeiros cresceram 71,2% no volume e de 44,1% no montante dos investimentos no acumulado do ano.


No mês de outubro realizaram 48 operações num montante de R$ 7,1 bilhões. No acumulado do ano os investidores financeiros alcançaram 546 operações – crescimento de 71,2% – correspondendo a 35,6% dos negócios e 36,6% dos investimentos, no valor de R$ 212,7 bilhões, representando um crescimento de 44,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.


Fusões e aquisições são transações importantes para alcançar mercados cada vez maiores e gerar um aumento considerável no lucro da companhia.


Para processos de Fusões e Aquisições de empresas, conte sempre com uma consultoria financeira experiente e com profissionais qualificados.


Até a próxima!!!

MLuz Consultoria

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page